12
abr
11

Despedidas…

Chorei muito ao ler o último post zumbístico… Não sei bem ao certo se foi pelo fato de ainda me sentir nesse mundo zumbi que deixou nosso sonho bloguístico cair por terra, se pelo fato de pensar em uma despedida (para o blog e para a minha amiga) ou pelo atual estado de gravidez que me faz chorar por qualquer pôr do sol…
Depois de chorar bastante, resolvi escrever a minha despedida. Daqui a pouco vou achar graça de tudo, falando de todos esses assuntos com a maior naturalidade. Como se a dor nunca tivesse existido. Não agora. Um dia qualquer, quando eu menos esperar.
E aqui vai um conselho para a minha amiga que vai em busca de seus sonhos, enquanto eu vivo os meus de sopetão: A DOR É ASSIM MESMO… Quando vem, sufoca, deixa a gente sem ar. Depois ela passa e a gente nem consegue lembrar direito como ela era. Nem se lembra mais do quanto ela era intensa. E isso acontece com uma dor nas costas, um câncer ou um belo pé na bunda. Depois de toda dor e de todo o vazio, fica tudo em paz. E essa paz nos faz seguir em frente. Seguindo em frente, encontramos novos sonhos e sorrimos. E o sorriso nos faz feliz. Motivo pelo qual suportamos viver nesse mundo zumbi.
Agora, morando na beira da praia, esperando meu filho e com todas as crises de pânico que me assolam nesta fase…. Hoje entendi que não adiantou negar essa vocação instintiva. Vou ser mãe. Tive a sorte realizar três sonhos… Visitar um país distante, minha tatuagem e morar num lugar onde as pessoas andam de bicicleta. (essa mais uma das heranças deixadas numa mesa de café pela SOL) O que mais posso querer?!?! Tive a sorte de encontrar um homem que topou o desafio de dançar essa vida comigo logo cedo. Os anos estão passando e os meses vão se amontoando em nossa história. Escrevi muitas coisas sobre esse mundo zumbi nessa fase… Mas agora a alegria e a felicidade chegam travestidas de roupinhas azuis e cheirinho de bebê. Um sonho antiquado para uma artista independente financeira e emocionalmente que foi criada num mundo zumbi de consumo e relacionamentos. Mas a vida é assim. Cancei deste mundo zumbi, cheio de suas realidades cruéis que assolam os jornais. Quero viver de sonho e de conto de fada. Aqui vai o segundo conselho: SIMPLESMENTE é mais fácil!
Enquanto muitos dizem que a vida “acaba” depois dos filhos, a MINHA SÓ ESTÁ COMEÇANDO! Entro em minha nova fase com um novo blog ( Logo divulgo…). Fica adespedida para este Blog Zumbístico. Desejo toda a sorte do mundo para minha amiga Viajante. Que ela possa encher nossos olhos, rodeada de muitos zumbis que conhecerá pelo mundo. E espero que não volte mais. E só você sabe o quanto isso é sincero, né, Sol? Continuarei zumbizando por perto e acompanhando suas aventuras.

Anúncios

0 Responses to “Despedidas…”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: